6 de maio de 2010

Alienada e confusa

É assim que me sinto. É isso o que quero que esse texto demonstre.
Fiquei muito tempo sem passar por aqui, dar noticias de vida, sem passar no blog de ninguem, sem me importar com nada...
A verdade é uma só: Eu não estou mais me importando com isso aqui.

Perdi o controle milhares de vezes, a anna me abandonou, me deixou de lado, a mia era minha compania.
Não gosto de tratar dessas doenças como 'amigas', ou por apelidos - mas não consigo ver isso algo diferente agora.

Meus estudos me dominam. A comida me domina. Sim, todos percebem.
Eu já não sei, não sei mesmo onde eu estou nessa história toda. Me esqueci, me esqueceram.
Não desisti em nenhum momento, eu só quis fugir de tudo, como sempre.

Não há muito a se dizer...
Há meses eu não me conheço. Há meses estou profundamente deprimida. Há meses me escondo de mim mesma, muito mais do que o habitual.
Eu engordei - muito. E não conseguia parar... Parece que, eu me coloquei no piloto automático e ele virou o piloro real! Como aqueles filmes de terror que os experimentos ficam malvados e matam seus criadores.
Mas essa é uma comparação barata...

Eu só quero ficar sozinha mais do que nunca. Eu só quero recuperar minha auto-confiança. Eu só quero poder sorrir sinceramente...

Hoje, me disseram "Haha não consigo imaginar o que passa pela sua cabeça" - Sejamos sinceros, ninguem consegue. Ninguem pode. É meu mundo. São minhas leis. Sou EU, porra.

1 kcl:

Cinderela disse...

Ain, princesa, fica assim naum...

Vc sabe o quanto a mia eh perigosa, se todos soubessem disso com certeza naum buscariam isso...

Força, flor

Postar um comentário